Hoje é dia de lançarmos mais um artigo especial que compõe a série “Praga da Semana”! Além disso, estreamos um conteúdo na categoria dos hemípteros: falaremos sobre o Euschistus heros, conhecido popularmente como percevejo-marrom!

O percevejo-marrom é um inseto sugador de hastes, plântulas, ramos e vagens, com incidência mais comum em culturas como a soja, algodão e milho. Ele apresenta, ao longo de seu desenvolvimento, cinco instares, até chegar em sua fase adulta.

Sua incidência é maior em regiões quentes, ocorrendo do norte do Paraná ao Brasil central, mas tem sido visualizada sua aparição em regiões frias também. O inseto pode se esconder por até cinco meses sob os resíduos vegetais e plantas hospedeiras permanecendo em diapausa, a espera da nova safra para onde migrará.

É a espécie de percevejo mais abundante e de maior dificuldade de controle nas lavouras de soja, principalmente devido aos altos níveis populacionais no campo, e por o adulto ter uma longevidade grande, de 80 a 116 dias.

No caso da soja, cultura em que se faz a principal praga, os danos acabam reduzindo a produção, e ocasionando retenção foliar devido à injeção de toxinas, dificultando a colheita, e aumentando a umidade dos grãos colhidos. Contudo, o maior prejuízo ocorre quando são atacadas as vagens, ocasionando má formação e o sintoma de “grãos chochos”.

A entrada dos insetos na lavoura se dá durante a floração (compreendida entre R1 e R2), e a incidência se torna crescente com a reprodução. Após esse período, o monitoramento deve ser constante, pois caso seja verificada populações elevadas, poderá ser necessária a tomada de decisão para o manejo, de modo a reduzir o nível populacional antes de entrar em R4 (fase final de desenvolvimento das vagens), momento com maior potencial de dano.

 

Controle

Atualmente para o controle, pode-se utilizar dos inseticidas registrados, contudo, tem sido a sobrevivência dos indivíduos após a aplicação que vem sendo estudada.

Deste modo, deve ser adotada a rotação de diferentes táticas de controle, de modo a evitar a seleção de resistência dos percevejos-marrom.

Dentre as opções de controle biológico, o uso das vespas Telenomus podisi e Trissolcus basalis tem se mostrado eficiente, com taxas de parasitismo de ovos correspondendo a 80% e 60%, respectivamente.

 

Percevejo-marrom para pesquisas? A Pragas.com tem!

Os percevejos-marrom (Euschistus heros) fazem parte do portfólio de hemípteros produzidos pela equipe da Pragas.com! Se você está desenvolvendo algum estudo/experimento que necessite da espécie, entre em contato conosco!

Temos fornecimento deste e outros insetos-pragas, em várias fases e com disponibilidade o ano todo. E claro, com a qualidade e excelência que são marcas registradas da Pragas.com!

Quer saber mais? Entre em contato com a gente e solicite um atendimento!

 

Fontes:

https://www.agro.bayer.com.br/alvos/percevejo-marrom

https://www.irac-br.org/euschistus-heros

https://blog.aegro.com.br/percevejo-marrom/

https://www.fundacaoms.org.br/base/www/fundacaoms.org.br/media/attachments/302/302/5bf01ceb5604523cfade5dc9c1b5d3f79c522dd4360d2_05-pragas-da-soja-e-controle-somente-leitura.pdf

 

RECEBA NOSSOS INFORMATIVOS